Blogs da Cognex

5 Coisas a Considerar ao Selecionar um Leitor de Código de Barras

life sciences vials on left and parcels on the right

A seleção do leitor de código de barras perfeito começa com um exame cuidadoso da sua aplicação de leitura de código. Que tipos de códigos você está lendo? Os códigos são difíceis de ler? Onde o leitor estará localizado e com quais restrições físicas? Como o leitor se comunicará? Qual é o custo de propriedade?

  1. Simbologias

    Os requisitos de dados para a sua aplicação de estoque ou rastreamento podem ser poucos hoje, o que pode fazer com que um código de barras 1D pareça a escolha lógica. No entanto, seus requisitos de dados provavelmente crescerão à medida que seu negócio for aumentando. Vale a pena antecipar requisitos futuros que se beneficiariam de um código 2D ou a capacidade de ler códigos de barras comprometidos. Você pode possuir seus canais de distribuição hoje, mas o crescimento ou novos clientes em locais remotos podem necessitar de uma empresa de logística de terceiros, não deixando você no controle de qualidade da marcação de código. Investir hoje em tecnologia robusta pode minimizar futuras atualizações de equipamentos.

  2. Taxas de leitura

    Taxa de leitura é o número de códigos de barras lidos com sucesso dividido pelo número de tentativas. A taxa de leitura é geralmente expressa como uma porcentagem e quanto mais próximo de 100%, melhor para a eficiência operacional e para o rendimento. Sempre que uma máquina ou pessoa manipula seus produtos, há uma chance de que o código possa ser danificado. Portanto, se a precisão da cadeia de suprimentos é importante para os seus negócios, verifique se o leitor pode ler códigos ruidosos - como aqueles impressos em papelão ou arranhados, deformados ou com baixo contraste - e não apenas códigos perfeitos que acabam de sair da impressora.

    Exemplos de códigos ruidosos

  3. Uso

    O ambiente de digitalização também indicará qual o tipo de leitor que você precisa. Se a sua aplicação exigir a leitura de caixas de vários tamanhos que viajam em alta velocidade por um transportador, um pequeno leitor fixo será a melhor opção. Leitores Fixos de Código de Barras permitem a leitura automática de códigos a partir de uma posição montada, geralmente em uma linha de produção.

    Se o leitor for a verificação final do inventário para os trabalhadores das docas que carregam materiais recebidos ou produtos enviados, um leitor de código de barras portátil será o ideal. Leitores portáteis de código de barras são mantidos na mão de um operador e podem ser com ou sem fio.

    Se houver um técnico de entregas ou técnico trabalhando em campo, um leitor de código de barras móvel com capacidade de leitura de código integrada ajudará a digitalizar rapidamente os pacotes ou a verificar as especificações do equipamento. Os leitores de código de barras móveis também são mantidos na mão de um operador e podem ser criados especificamente para uma aplicação específica ou baseados em smartphones com um invólucro de terminal móvel robusto.

    Tipos de leitores de código de barras



  4. Após marcar a peça ou produto e ler o código, os dados são armazenados ou usados em uma rede ou centro de distribuição. Os leitores de código de barras por imagem oferecem uma gama completa de protocolos de comunicação industrial, incluindo Ethernet, USB, RS-232, E/S discreta, Ethernet / IP, PROFINET e Modbus TCP / IP. Isso simplifica a integração entre o leitor e a rede, o que é essencial não apenas para a leitura e envio de informações de rastreamento do produto, mas também para o armazenamento de imagens arquivadas no caso de códigos não lidos.

  5. Custos de propriedade

    Com o poder e a flexibilidade adicionais dos leitores de código de barras por imagem, você pode esperar que o custo seja consideravelmente maior do que os scanners a laser. Embora isso fosse verdade no passado, os mais recentes leitores por imagem custam quase o mesmo que os scanners a laser industriais que possuem muito menos funcionalidade. Novos micro processadores e sensores CMOS digitais também significam que os sistemas por imagem podem ser quase tão rápidos quanto o scanner a laser mais veloz. E esses desenvolvimentos vêm além dos benefícios tradicionais dos leitores por imagem: sem partes móveis, que podem desgastar ou ter falha como scanners a ler, a capacidade de ler códigos 2D, bem como códigos danificados e omnidirecionais; e a capacidade de armazenar imagens para auditorias e rastreamento.

Mais Publicações em

ACESSE O SUPORTE E TREINAMENTO DE PRODUTOS E MAIS

Junte-se ao MyCognex

TEM ALGUMA PERGUNTA?

Os representantes da Cognex estão disponíveis em todas as regiões do mundo para ajudar com as suas necessidades de visão e leitura industrial de códigos de barras

Fale Conosco