Blogs da Cognex

Aumente a Eficiência Operacional da Logística com a Verificação de Código de Barras

Inline barcode verifier with boxes and verified barcodes

Quando se trata de logística as taxas de leitura são cruciais, podendo uma descida de meio por cento afetar dramaticamente os resultados. Os leitores de código de barras de alto desempenho conseguem atingir taxas de leitura de quase 100%, mas qual a vantagem de um excelente leitor de código de barras se os códigos não forem impressos corretamente? Uma combinação de qualidade do código e leitores potentes é crucial. Escolher a solução de qualidade correta do código para a sua aplicação pode tornar-se confuso. Termos como verificação, validação, normas ISO e menções incontáveis de 15416, 15415, 15426, 16022 muitas vezes complicam muito. O que significam, e será necessária a conformidade com todos eles?

Por que a verificação de código de barras é importante?

Os verificadores de código de barras classificam os códigos de barras 1D e 2D de acordo com os parâmetros de qualidade definidos pelos padrões da indústria desenvolvidos por organizações internacionais como o American National Standards Institute (ANSI), a International Organization for Standardization (ISO) e grupos industriais como o GS1 e Health Industry Business Communications Council (HIBCC). Essas normas permitem a interoperabilidade entre a impressão de códigos de barras e os sistemas de digitalização, de modo que indústrias e indivíduos possam depender de símbolos sendo impressos e digitalizados com sucesso, independentemente de onde foram produzidos ou manipulados.

A verificação ajuda a confirmar que um código sendo produzido será aceito em qualquer lugar por qualquer leitor. É a única maneira de atribuir formalmente uma classificação a um código de barras, bem como a maneira mais confiável de diagnosticar e corrigir erros de marcação.

Assista ao nosso webinar sob demanda: Qualidade do Código e Verificação de Código de Barras para Aplicações de Logística

Pode um leitor de código de barras ser usado para verificar a qualidade do código?

Essa pergunta é frequente. Sim, é possível usar um leitor de código de barras para testar se um código pode ser lido. No entanto, tudo o que você irá aprender com este exercício é que o seu leitor pode decifrar o código. No mundo da logística da cadeia de suprimento é importante que os códigos possam ser lidos em qualquer local, por qualquer leitor. Se não for possível ler o código, o scanner de código de barras não pode fornecer qualquer informação além do fato de que o código não poder ser decodificado. Muitas indústrias possuem padrões para códigos que incluem vários parâmetros. Na ausência de informação sobre um código ilegível, as empresas lutam para tentar resolver o problema.

Enquanto os leitores de código de barras são projetados para ler códigos, um verificador de código de barras garante que os códigos sejam marcados corretamente e atendam ao limite de qualidade de um setor e não de um produtor individual. Em comparação com os leitores de código de barras, os verificadores de código de barras são uma medida superior da legibilidade dos símbolos, pois normalizam a faixa de desempenho entre vários tipos de leitores, desde a câmera e o laser até a montagem portátil e fixa. Os verificadores analisam e reportam parâmetros formais baseados em padrões internacionais.

O que é o processo de verificação de código de barras?

A verificação do código de barras é o processo de classificação da qualidade dos códigos de barras através da captura de uma imagem do código e respectiva análise. Cada tipo de código de barras, como 1D, 2D e marcação direta na peça (DPM) possui vários e diferentes parâmetros com base em um padrão aplicável, como a ISO, que são analisados. Os resultados de cada parâmetro são classificados e, depois, é determinada uma classificação geral.

Uma imagem com um jogo, esquema Descrição automaticamente gerada

Depois do software do verificador calcular a classificação, um resumo de relatório é gerado podendo ser impresso ou exportado, o que permite às empresas demonstrar que os seus códigos de barras podem ser lidos e cumprir os padrões da indústria. Para além de gerarem um relatório auditável para conformidade, os resultados também podem ajudar no aperfeiçoamento do processo de impressão ou marcação, dizendo aos operadores quais os parâmetros em que o código está falhando ou com baixa classificação.

O que faz de um verificador um verificador?

Estes são produtos no mercado que alegam verificar códigos de barras. No entanto, para cumprir a definição técnica de um verificador, o dispositivo e software que o acompanha devem cumprir os requisitos listados de verificadores de código de barras das normas ISO (15426-1 e 15426-2). Também deve:

  • Incluir um procedimento/rotina de calibragem incluso incorporado no dispositivo
  • Suportar todas as posições de iluminação precisas definidas nos padrões ISO 29158 (AIM DPM), ISO 15415 ou ISO 15416
  • Gerar um relatório que qualifique códigos com uma classificação e arranjo ótico (incluindo ângulo de iluminação, comprimento de onda de luz e tamanho da abertura)
  • Validar que os dados no código estão corretamente formatados
  • Produzir resultados repetiveis

Como selecionar a norma ISO correta de qualidade de código de barras?

Existem muitas normas ISO referentes aos códigos de barras. A maioria diz respeito à forma como um código deve ser gerado e decodificado, mas apenas três normas avaliam a qualidade dos códigos de barras. O tipo de código de barras dita a norma que deve ser usada, tendo cada norma diferentes parâmetros de qualidade e requisitos.
  • Para códigos 1D impressos em etiquetas use ISO/IEC 15416
  • Para códigos 2D impressos em etiquetas use ISO/IEC 15415
  • Para aplicações DPM use ISO/IEC TR 29158, que é uma extensão da ISO/IEC 15415 e substituída pela norma AIM DPM.

Que verificadores funcionam para aplicações de logística?

Na indústria de logística existem diferentes aplicações e áreas do centro de distribuição (CD) em que a verificação de código pode trazer benefícios. A Cognex possui uma gama de verificadores de código de barras para responder a estes diferentes requisitos de aplicação.

Localização/Aplicação Solução Cognex Descrição
Imprimir e aplicar leitor de estação ou lateral com caixas ou sacolas de tamanho consistente DataMan 475V Verificador em linha, compatível com ISO com um amplo campo de visão (FOV) de 80 mm
Jackpot ou linha do hospital ou locais em que códigos maiores sejam usados em papelão ondulado Webscan TruCheck Omni Verificador offline, compatível com ISO com um amplo campo de visão (FOV) de 150 mm

Dado que os verificadores possuem uma distância focal fixa e possuem ângulos de iluminação específicos para serem compatíveis com ISO existem algumas limitações que nos impedem de resolver algumas aplicações com verificação.

Faça o Download da Folha de Dados do DataMan 475V

Existe algum software de qualidade do código que não seja compatível com ISO, mas ainda seja confiável?

Muitas indústrias requerem conformidade com as normas ISO de código de barras como requisito para rotulagem e rastreamento de mercadorias através da cadeia de suprimento, podendo a não conformidade resultar em multas ou cobranças retroativas. No entanto, em muitas indústrias, as normas de códigos de barras podem ter menos regulamentação, mas a qualidade do código de barras ainda é importante para manter a eficiência, bem como para reduzir os custos associados ao retrabalho e re-rotulagem manual.

Apresentando a chave de recurso de Classificação Baseada em Padrões (SBG).

Com a SBG você pode acessar os mesmos algoritmos de software robusto e interface de usuário que a verificação de compatibilidade ISO sem as restrições de iluminação e distância focal fixa. A SBG é uma chave de recurso de software que pode ser ativada em um leitor fixo de código de barras DataMan 374, 375, 474 ou 475.

Isso significa que você pode se beneficiar das opções de lente líquida que expandem as capacidades de campo de visão e de profundidade de foco. Também pode adicionar iluminação personalizada para a sua aplicação. Embora sem conformidade ISO, a SBG oferece o melhor da verdadeira verificação.

Com esta opção, você ainda pode calibrar e se beneficiar dos nossos robustos algoritmos de verificação, ganhando flexibilidade para responder às suas necessidades de aplicação específicas, mantendo as mesmas excelentes ferramentas de diagnóstico, repetitividade e classificação confiável de qualidade do código.

Assista ao nosso webinar sob demanda: Qualidade do Código e Verificação de Código de Barras para Aplicações de Logística

Mais Publicações em

ACESSE O SUPORTE E TREINAMENTO DE PRODUTOS E MAIS

Junte-se ao MyCognex

TEM ALGUMA PERGUNTA?

Os representantes da Cognex estão disponíveis em todas as regiões do mundo para ajudar com as suas necessidades de visão e leitura industrial de códigos de barras

Fale Conosco