Verificação de Código de Barras

ISO/IEC 15415

O padrão para códigos de barras baseados em rótulos 2-D

Para códigos de barras 2-D, os verificadores de código de barras analisam a estrutura do símbolo e a refletância de cada um dos módulos. Os códigos baseados em rótulos 2-D são classificados de acordo com oito parâmetros diferentes sob a norma ISO 15415. Como nos códigos de barras 1-D, alguns parâmetros são relacionados à imagem e outros são relacionados a dados. Como os códigos de barras 2-D contêm muito mais dados do que os códigos de barras 1-D, há mais parâmetros relacionados à qualidade dos dados do que à qualidade da imagem.

Classificação

A classificação mais baixa do parâmetro individual se torna a classificação geral do código. O processo de classificação começa com um teste de aprovação/reprovação. Se o código puder ser decodificado, ele passará no primeiro teste. Se não puder, lhe é automaticamente atribuído uma classificação “F”. Depois que um código é decodificado, ele é classificado quanto a contraste de símbolo, modulação, margem de refletância, dano de padrão fixo, não uniformidade axial, não uniformidade de grade e correção de erro não utilizada.

Parâmetros de Qualidade ISO/IEC 15415

Contraste de Símbolo se refere à diferença entre os módulos mais escuros e os mais claros.
Contraste insuficiente
Modulação mede variações locais em contraste.
Modulação fraca
Dano de Padrão Fixo inclui erros com os lados L, padrão alternado ou com a zona de silêncio.
Dano de padrão fixo
Não Uniformidade Axial se refere ao dimensionamento desigual do código.
Não uniformidade
Não Uniformidade de Grade mede o maior desvio da grade.
Não uniformidade de grade
Conteúdo Relacionado
PRODUTOS COGNEX EM DESTAQUE

ACESSE O SUPORTE E TREINAMENTO DE PRODUTOS E MAIS

Junte-se ao MyCognex

TEM ALGUMA PERGUNTA?

Os representantes da Cognex estão disponíveis em todas as regiões do mundo para ajudar com as suas necessidades de visão e leitura industrial de códigos de barras

Fale Conosco
Loading...