Banner do blog do Dataman pequeno da Cognex e lentes vistas de perto

Blogs da Cognex

ISO/IEC 29158: Atualizações da Norma DPM

Códigos em Peças 2D ISO 29158
Embora haja muitas normas ISO relativas a códigos de barras, existem apenas três normas que descrevem a forma como é medida a qualidade dos códigos de barra. Duas dessas normas são voltadas para códigos impressos em um rótulo plano. A terceira, a ISO/IEC 29158, é uma extensão da norma 2D para rótulos planos que é ajustada para incluir códigos com marcação direta na peça (direct part marked, DPM) e seus diferentes substratos. 

No final de 2020, uma versão atualizada da norma ISO 29158:2020 para códigos de barra DPM foi publicada para substituir a versão anterior lançada em 2011. Como é necessário que um comitê designado se reúna para discutir, debater e concordar sobre todas as alterações antes da publicação de uma nova versão, elas não ocorrem com muita frequência. Quando acontecem, é importante listar e entender as alterações na revisão mais recente. 

A seguir há um resumo das principais alterações que afetarão como seus resultados de verificação DPM serão lidos. 
 

Classificação Contínua
Migrar para uma escala de classificação contínua da maioria dos parâmetros de qualidade exige uma mudança de etapas 1.0 entre as classificações para etapas 0.1. Isso permite que códigos que anteriormente alternavam entre duas classificações produzam um resultado mais estável. 

Abaixo estão exemplos da escada de classificação de etapas 1.0 (A) e a nova escala de classificação de etapas 0.1 (B). 

A

Grades for SC Graph

 

B

Continuous Grading Graph 

 

Nova escala de Classificação de Refletância Mínima (Minimal Reflectance, MR) 

Um importante aspecto do método de classificação DPM envolve o aumento automático do brilho de uma imagem antes de realizar o processo de verificação. Contudo, o brilho original é importante, e ele é medido com base em um valor mínimo. Na versão anterior, a Refletância Mínima podia resultar apenas em uma classificação “A” (4.0) ou “F” (0). Se o símbolo tivesse um brilho inferior a 5% antes do ajuste, ele seria reprovado. Agora, a MR pode receber uma classificação entre “A” e “F”. A nova norma ampliou a escala de classificação, ou seja, se um código tiver 5% de brilho antes do ajuste, ele receberá uma classificação “C” (1.5). Se o brilho for mais alto, a classificação também será; se o brilho for mais baixo, a classificação também será correspondente. 

Na norma anterior:
A classificação de MR era A (4.0) se o valor de MR fosse > 5%
A classificação de MR era F (0) se o valor de MR fosse < 5%
No continuous grading of MR
In the new standard:
A (4.0) grade whenever MR > 15%
Uma MR de 5% era o início de uma faixa de classificação C (1,5)

Grade level graph

Algoritmo de Conexão de Ponto para Códigos de Micropunção

Símbolos de impressão por micropunção não contêm bordas contínuas. Consequentemente, o algoritmo de decodificação de referência da norma ISO para matrizes de dados falha em símbolos de impressão por micropunção. Em vez de escrever uma especificação de simbologia diferente, um algoritmo especial é usado para “conectar os pontos”, chamado de “algoritmo de vara”. O “algoritmo de vara” funciona por meio da conexão de pontos quando as duas extremidades de uma “vara” de comprimento fixo recaem sobre a mesma cor. Portanto, ele conecta pontos adjacentes, formando, assim, linhas contínuas. Depois, a imagem conectada passa pelo algoritmo de decodificação de referência da norma. 
 
Dot peen code example

Na norma anterior, a classificação era feita duas vezes (com aberturas de 50% e 80%) com ou sem o “algoritmo de vara”, e apresentava a maior de duas classificações. Agora, a nova norma exige que a classificação seja feita quatro vezes e relate a classificação mais alta. As quatro verificações são feitas sem o “algoritmo de vara” a uma abertura de 50 e 80%. 
 
Dot peen two grade


Mais Publicações em

ACESSE O SUPORTE E TREINAMENTO DE PRODUTOS E MAIS

Junte-se ao MyCognex

TEM ALGUMA PERGUNTA?

Os representantes da Cognex estão disponíveis em todas as regiões do mundo para ajudar com as suas necessidades de visão e leitura industrial de códigos de barras

Fale Conosco